Adestramento

guabi620

consulta ID3

App CBH

No sábado, 2/11, o Desafio Brasil de Adestramento 2019 chegou ao Paraná no Haras Adal, na região de Curitiba. Essa foi a 6ª e última etapa do Desafio que visa o fomento do Adestramento pelo país afora. As primeiras cinco etapas rolaram no Manège Gama em Brasília e no Clube Hípico de Santo Amaro (SP), ambas em agosto, no 3° Regimento de Cavalaria de Guarda, em Porto Alegre, na Fazenda Boa Vista, no sul de Minas Gerais, em setembro, Sociedade Hípica Brasileira, no Rio de Janeiro, em outubro. Em Porto Alegre e no Rio de Janeiro, o julgamento e esteve de Claudia Moreira de Mesquita e nas demais etapas coube a Sandra Smith de Oliveira Martins, também diretora da CBH, ambas juizas internacionais 4*.

alexandraBenites 550

Alexandra Moutinho de Souza Benites com Dakota garantiu o melhor índice no Desafio Brasil no Paraná com vitória série Elementar Amador; img: reprodução facebook

"Aqui em Curitiba, fiquei muito feliz com o desenho das provas principalmente crianças fazendo bons circulos, o que não é comum a gente ver. É realmente muito bom esse capricho na iniciação dos mais jovens", destacou Sandra Smith de Oliveira Martins, que também ministrou o curso de reciclagem para juizes estaduais. "A prova no Haras Adal foi muito bem organizada em cada detalhe e também ficou bom juntar Desafio Brasil com o Campeonato Paranaense, a exemplo do que aconteceu em Minas Gerais, também aproveitando a presença do juiz da CBH", acrescentou a juiza e dirigente. "No curso de reciclagem revimos movimentos, regulamentos e analisamos alguns vídeos. Foi muito importante e rendeu elogios de cavaleiros e juizes. No domingo, ao invés da clínica para os melhores conjuntos, acabei julgando o Campeonato Estadual."

 

inspecaovet0211

A inspeção veterinária é um dos requisitos e também aprendizado para  boa parte dos participantes do Desafio Brasil de Adestramento

Também vale destacar que na temporada 2019 houve um aumento do número de jovens em provas de adestramento. "Agradeço ao apoio da CBH pelo apoio ao Desafio Brasil o que refletiu no aumento da participação e novos adeptos da modalidade", resume Sandra. Carlos Boson, paulista radicado no Paraná, atuou como juiz ao lado de Sandra Smith Oliveira Martins. No Desafio Brasil conforme a regra só o resultado do juiz em C é válido e a cada etapa nos diversos estados são somados os três melhores índices cuja soma define o Estado campeão do Desafio Brasil. Lembrando que as categorias Escola, Iniciantes e Cavalos Novos não são válidas pelo Desafio.

vencedoresmedia01 0211

Vencedores da série Média  I Cecilia Dacanale e Juliana Ribas

O evento no Haras Adal contou com exímia organização de Cecilia Ortega Lyng Dalcanale, diretora de adestramento da Federação Paranaense de Hipismo, que também competiu e treina a maior dos participantes que competem pelo Haras Adal, que pode ser considerado o principal polo da modalidade no Paraná. Todos os cavaleiros e amazonas quando saiam da pista ganhavam um saquinho com cenoura e maçã para o cavalo e os premiados também receberam um ramo flores no pódio com direito a decoração especial e tapete vermelho. "Tudo foi muito caprichado e deu valor à disputa", resumiu Sandra.

mesa0211 5

Mesa de premiação com muito esmero 

O melhor índice no Desafio Brasil no Paraná foi de Alexandra Moutinho de Souza Benites que montando Dakota registoru 67,88% com vitória na reprise Elementar Amador. O 2º melhor índice foi da anfitriã Cecilia Ortega Lyng Dalcanale com Quattar Adal, 65,78%, garantindo vitória na série Preliminar Amador.

flores0211

Os juizes Sandra Smith de Oliveira Martins e Carlos Boson também foram homenageados com um ramo de flores

Veja a seguir como ficou o placar do Desafio Brasil no Paraná e aguarde o resultado oficial com a soma dos três melhores resultados de cada Estado (com todos ids devidamente conferidos).

confraternizacao0211

Confraternização na cerimônia de  premiação

Desafio Brasil - 2/11/2019

Elementar Amador
1º Alexandra Moutinho de Souza Benites / Dakota - Haras Adal - 67,88%
2º Alexandra Moutinho de Souza Benites / Pibel Adal - Haras Adal - 65%
3º Maria Clara Ovçar de Andrade / Xarpa - Haras Adal - 64,62%
4º Gustavo Campos Hidalgo / Ulisses das Cataratas - MMH - 59,04%

Preliminar Amador Mirim
1º Alexandre Mendes / Rosso Nero - Haras Adal - 63,13%

Preliminar Amador
1º Cecilia Ortega Lyng Dalcanale / Quattar Adal - Haras Adal - 65,78%
2º Juliana Ribas / Ulisses das Cataratas - MMH - 64,22%
3º Cecilia Ortega Lyng Dalcanale / Rosso Nerto - Haras Adal - 63,28% (não válido pelo Desafio Brasil)
4º Orlades Matos de Lima Neto / Xarpa - Haras Adal - 64,06%
5º Orlades Matos de Lima Neto / Ballus Adal - Haras Adal - 61,88%

Média I Amador
1º Cecilia Ortega Lyng Dalcanale / Santa Fé - Haras Adal - 63,72%
2º Cecilia Ortega Lyng Dalcanale / Ballerina Adal - Haras Adal - 61,03%
3º Julia Ribas / Mufassa das Cataratas - MMH - 60,51%
4º Sandra de Almeida / Vernier Itapuã - Haras Adal - 60,26%

Forte I Amador
1º Cintia Cimbaluk / Cortes CPAE - Haras Adal - 63,47% (não válido pelo Desafio Brasil) 
2º Eliana Dutra de Oliveira / Vulcão Itapuã - Haras Adal - 60,83%

Forte II
1º Bruno Gomes / Cortes CPAE - Haras Adal - 63%


Escola (não válida pelo Desafio Brasil)
1º Isadora Fortes Guimarães / Scooby - Haras Adal - 70,71%

Iniciante (não válida pelo Desafio Brasil)
1º Manuela Dias Frizzo / Vulcão Itapuã - Haras Adel - 73,13%
2º Maria Victoria Abreu / Dakota - Haras Adal - 67,08%
3º Cezar Miyashiro / Pibel Adal - Haras Adal - 66,25%
4º Flavia Grilo / Clarita Adal - Haras Adal - 63,13%

 

Imprensa CBH com fotos cedidas e reprodução facebook 

    novo logo cob 75                              52486598 2004012323016475 4886399187605782528 n              seloLeiIncentivoVertical 72

CBH - Site Oficial da Confederação Brasileira de Hipismo -
Rua Sete de Setembro, 81 - Ed. Moscoso Castro, 3º andar - CEP: 20050-005 Rio de Janeiro (RJ) - Tel: (21) 2277-9150

Horário de Funcionamento: 08:00 às 17:00 hrs - Seg. à Sex.

© Copyright 2010 - 2017 | Todos os direitos reservados | Produzido por  Magoo Digital