Salto

guabi620

consulta ID3

App CBH

EUA vencem por equipes e seis primeiros países garantiram vaga para Toquio 2020. Brasil briga pela vaga no Pan 2019 e também na FEI Nations Cups Final 2019. Veniss está a apenas 5,27 pontos da nova líder individual alemã Simone Blum.    

Nessa sexta-feira, 21/9, foi definida a final por equipes da modalidade Salto nos Jogos Equestres Mundiais 2018 no Tryon International Equestrian, na Carolina do Norte (EUA). Após a primeira qualificativa na quarta, 19/9, foram disputados dois percursos distintos em 20 e 21/9, somando os três resultados para contagem por equipes e individual. Somente as dez melhores equipes após a disputa em 20/9 habilitarem-se à disputa de hoje e o título ficou em casa com os EUA após emocionante desempate com a Suécia e a Alemanha garantiu a 3ª colocação. Habilitaram-se à final individual que encerra a 8ª edição dos Jogos no domingo, 23/9, os 30 melhores concorrentes, entre eles, o top brasileiro Pedro Veniss com Quabri de I´Isle que foi 2º colocado no primeiro dia, fez uma falta em cada passagem da final por equipes computando apenas 8,17 pontos perdidos.

pedroveniss2109 03 650

Pedro e Quabri de I´Isle

Resultado que coloca Pedro em 10º lugar a apenas 5,7 pontos, ou seja, a menos de dois derrubes (cada um equivalente a 4 pontos) da nova líder, a alemã Simone Blum com DSP Alice que zerou em 20 e 21/9 e tem somente 2,47 pontos trazidos da 1ª parcial. Com isso, o cavaleiro olímpico e medalhista pan-americano de 35 anos que está em sua 3ª participação em Jogos Equestres Mundiais mantém vivas as chances de pódio do Brasil.

 pedroveniss2109 01 650

Mais um flash de Pedro com Quabri

EUA e Suécia haviam fechado com 20,56 pontos perdidos (sempre descartando o resultado pior entre os quatro integrantes). Assim os quatro integrantes das equipes voltaram para um desempate em que novamente teve um descarte e valeu a soma do número de faltas e tempos: EUA venceu sem faltas em 100s67 e Suécia foi prata também sem faltas no desempate, em 102s73. Alemanha foi 3ª colocada com 22,09 pontos perdidos.

O brasileiro Luiz Francisco de Azevedo, filho caçula do medalhista olímpico Luiz Felipe de Azevedo, montando Comic também avançou para a prova nessa sexta, 21/9. Luiz Francisco que computou 2,71 na caça, 13 pontos em 20/9, perdeu apenas 6 pontos na 3ª parcial, fechou sua primeira participação nos Jogos com 21,71 pontos perdidos na 46ª colocação.

luizfranciscoazevdo01 650

Luiz Francisco, o Chiquinho, fechou sua participação dos Jogos com boa participação

Qualificação rumo a Tóquio

As seis primeiras equipes - EUA, Suécia, Alemanha, Suíça, Holanda e Austrália - garantiram a vaga de seus países para a Olimpíada 2020. A equipe brasileira - Pedro Vennis montando Quabri de I’Isle, Luiz Francisco de Azevedo montando Comic, Pedro Junqueira Muylaert apresentando Prince Royal Z MFS, Yuri Mansur com Ibelle Ask - fechou em 14º lugar entre 24 equipes. Com isso, o Time Brasil agora pode garantir sua vaga olímpica nos Jogos Pan-americanos 2019, em Lima (Peru). Habilitam-se à Olimpíada de Tóquio, as primeiras três equipes do Pan, mas como os EUA já têm vaga garantida após a vitória no Mundial, as equipes vice, 3ª e 4ª no Pan carimbam o passaporte olímpico. A melhor equipe FEI Nations Cup Final 2019 também garante vaga bem como as três melhores do Campeonato Europeu 2019, mas caso já tenham, classificam-se o países subsequentes no placar das respetivas competições.

Semana quem, entre 26 e 30/9, Pedro Veniss e Pedro Muylaert participam do CSI-W 28º Indoor na Sociedade Hípica Paulista. 

30 atletas qualificados para Final Individual 
10 primeiros: 

1º Simone Blum / DSP Alice - Alemanha - 2,47 pontos perdidos (pp)
2º Max Kühner / Chardonnay - Austrália - 2,97 pp
3º Martin Fuchs / Clooney - Suíça - 4,68 pp 
4º Lorenzo de Luca / Irenice Horta - Itália - 5,19 pp
5º Mclain Ward / Clinta - EUA - 6,08 pp 
6º Cian O´Connor / Good Luck - Irlanda - 6,69 pp 
7º Frederic Jönnson / Cold Play - Suécia - 7,23 pp
8º Danielle Goldstein / Lizziemary - Israel - 7,80 pp 
9º Steve Guerdat / Bianca - Suíça - 8 pp
10º Pedro Veniss / Quabri de I´Isle - Brasil - 8,17 pp

Final por equipes Jogos Equestres Mundiais 2018

Campeões EUA - 20,59 pontos perdidos* - desempate 0/100s67 

Devin Ryan / Eddie Blue - 3,64/4/4 - 0/34s88
Adrienne Sternlicht / Cristalline - 4,26/1/5 - 4/34s61
Laura Krata / Zeremonie - 1,87/8/0 - 0/33s21
McLain Ward / Clita - 1,08/1/4 - 0/32s58

Vice Suécia - 20,59 pontos perdidos* - desempate 0/102s73

Henrick von Eckermann - 3,20/8/0 - 0/32s99
Malin Baryard Johsson / H&M Indiana - 5,33/9/0 - 4/35s39
Fredrik Jönsson / Cold Play 3,23/4/0 - 0/35s31
Peder Fredricson / H&M Christian K - 2,16/0/8 - 0/34s43

3º lugar Alemanha - 22,09 pontos perdidos* 

Simone Blum / DSP Alice - 2,47/0/0
Laura Klaphake/ Catch Me if You Can - 6,25/1/4
Maurice Tebbel / Don Diarado - 6,51/9/5
Marcus Ehning / Pret A Tout - 0,37/8/0

4º lugar Suíça - 28,64 pontos 
5º lugar Holanda - 32,35 pontos
6º lugar Austrália - 33,32 pontos

*com descarte do pior resultado da equipe a cada prova

Imprensa CBH - Carola May e Rute Araújo; fotos: Luis Ruas

 

               novo logo cob 75                              ministerioesp227 2017              seloLeiIncentivoVertical 72

CBH - Site Oficial da Confederação Brasileira de Hipismo
Rua Sete de Setembro, 81 - Ed. Moscoso Castro, 3º andar - CEP: 20050-005 Rio de Janeiro (RJ) - Tel: (21) 2277-9150 / Fax: (21) 2277-9165

© Copyright 2010 - 2017   |   Todos os direitos reservados   |   Produzido por Magoo Digital