guabi620

consulta ID3

App CBH

Foi dada largada nessa quinta feira-feira, 24/11, ao Campeonato Brasileiro de Amazonas disputado em quatro categorias: Amazonas B, Amazonas A, Amazonas e Amazonas, respectivamente, a 1, 1.10, 1.20 e 1.30 metro de altura, na Sociedade Hípica Brasileira, no Rio de Janeiro. Oito equipes e representantes de 13 estados brasileiros estão colorindo as pistas da Hípica Brasileira.

Depois do primeiro dia de provas, as meninas do Paraná e Rio de Janeiro estão na frente, quase empatados com diferença de apenas um ponto, na categoria de Amazonas Top. Entre as Amazonas, que saltam a altura de 1.20 metro: São Paulo, Brasília, Paraná e  Santa Catarina estão sem faltas, juntinhos.


Desfile de abertura na Pista Roberto Marinho; foto: Beatriz Cunha



Nessa sexta,  partir das 9h30, as Amazonas B disputam a final por equipes, categoria que tem empate parcial de Santa Catarina, Mato Grosso do Sul, Brasilia e Paraná. As  amazonas de 1.20 metro também têm final amanhã. Amazonas Top e Amazonas A decidem o título por equipes no Sábado. Entre as  Amazonas A,  todas as equipes estão sem faltas, com exceção de São Paulo, que computa apenas um ponto perdido.

Nesta quinta-feira, na prova ao cronômetro e para efeito de premiação de pista, entre as Amazonas Top chegou na frente, Rafaella Zanatta com MD WFH Vallantino, do Rio Grande do Sul, sem faltas em 76s20. Sempre competitiva e entre as fortes candidatas ao título, Giovanna de Finis Sobania e Atomo Clasi, do Paraná vem em 2º, zero em 76s47, seguida de Maria  Luiza Malzone com MC SL Vindoctro, também sem faltas em 76s69, por São Paulo. Na categoria Amazonas, mais uma vitoria gaúcha com Ana Victoria de Lorenzi Campelo com Windra.

 

Ana Victoria com Windra sendo premiada por familiares e Mario Teixeira, da Maison du Cavalier; foto: Beatriz Cunha



O tempo do primerio dia vai servir para, em caso de empate na final, decidir o quarto, quinto e sexto lugares no individual geral. Além de servir  como segundo elemento de desempate para eventual empate de equipes.

Rafaela Albuquerque que largou na frente na categoria Amador recebeu seu prêmio das mãos de Mauricio Manfredi, ex-presidente da Confederação Brasileira de Hipismo; foto: Beatriz Cunha

 

Além do título brasileiro por equipes e individual das quatro categorias, vão estar em disputa também vale brindes da Maison do Cavalier, loja especializada em vestimentas e acessórios para os cavalos e dos Calçados Moreira, o craque das botas de equitação.
 
E, como não podia deixar de ser, domingo tem festão no clube para todas as concorrentes, familiares e amigos. As finais por equipes individual serão  transmitidas ao vivo pelo site da Hípica:  www.shb.com.br

O evento é aberto ao público e a entrada franca.



Programação:
Sexta-feira:
9h30 – Final por Equipes Amazonas B
Pista José de Verda
Dois percursos idênticos

10h30 – Final por Equipes Amazonas
Pista Roberto Marinho
Dois Percursos Idênticos

Sábado:
9h30
Pista Roberto Marinho – confraternização Amazona B

9h30
Pista José de Verda
Final Equipes Amazonas A

12h00
Pista Roberto Marinho
Confraternização Amazonas

14h30
Pista Roberto Marinho
Amazona TOP- Final por Equipes

Domingo:
9h00
Pista José de Verda
Confraternização Amazonas A

9h30
Pista Roberto Marinho
Final Amazonas

11h30
Pista Roberto Marino
Confraternização Amazonas Top

12h00
Pista José de Verda
Final Amazonas B

14h00
Pista Roberto Marinho
Final Amazonas Top

15h30
Pista José de Verda
Final Amazonas A

CBH com a fonte: CPC Comunicação - Christiane Paiva Chaves

    novo logo cob 75                              52486598 2004012323016475 4886399187605782528 n              seloLeiIncentivoVertical 72

CBH - Site Oficial da Confederação Brasileira de Hipismo -
Rua Sete de Setembro, 81 - Ed. Moscoso Castro, 3º andar - CEP: 20050-005 Rio de Janeiro (RJ) - Tel: (21) 2277-9150

Horário de Funcionamento: 08:00 às 17:00 hrs - Seg. à Sex.

© Copyright 2010 - 2017 | Todos os direitos reservados | Produzido por  Magoo Digital