guabi620

consulta ID3

App CBH

Yuri Mansur e Felipe Amaral, integrantes do time Brasil na Copa das Nações do CSIO5* de Ocala, garantiram dobradinha a 1.50 metro. Já no Winter Equestrian Festival em Wellington, Francisco Musa foi vice e Zé Reynoso, 4º, a 1.45 metro. Ambas as disputas foram válidas como qualificativas para GPs nessa sexta-feira, 16/2. 

A quinta-feira, 15/2, foi dia de show do hipismo brasileiro nos EUA. No CSIO5* de Ocala Hits, na Flórida, teve dobradinha em prova a 1.50 metro, válida como qualificativa para o GP Longines em 16/2,  com Yuri Mansur montando Vitiki e Felipe Amaral apresentando Germanico T, ambos sem faltas no desempate, respectivamente, em 38s39 e 38s56. Participaram da disputa 40 conjuntos, 12 zeraram e 10 efetivamente largaram no desempate. Em 3º lugar chegou o medalhista olímpico e pan-americano Ian Millar, também conhecido como "capitan Canada", com Vittorio sem faltas, 38s62. 

yuri felipe550

Dobradinha brasileira no CSIO5* Ocala com Yuri e Felipe  

Também estiveram em pista os brasileiros Rodrigo Lambre com Chacciama que fechou com uma só falta no desempate, Pedro Muylaert com C'est Dorijke e Chief Tibri Z MFS, Fabio Leivas com Fox Trot V D Padenborre, todos com uma falta na 1ª passagem. Nessa sexta-feira, 15, o GP Longines, a 1.60 metro, tem U$ 300 mil em jogo.  

Mas a disputa maior será domingo, 18, quando o Time Brasil formado por Fábio Leivas montando Fox Trtot VD Padenborre, Felipe Amaral com Premiere Carthoes BZ, Rodrigo Lambre e Coleman e Yuri Mansur apresentando Inferno disputa a Copa das Nações com premiação de U$ 450 mil.  Pedro Paulo Lacerda, diretor de Salto da Confederação Brasileira de Hipismo, é o chefe de equipe, Pedro Muylaert, o cavaleiro reserva. O veterinário Rogério Saito também acompanha a delegação. A armação dos percursos está a cargo da course-designer brasileira Marina Azevedo. A Copa das Nações será transmitida pela Fei TV a partir das 16 horas (Brasília). O Hits Ocala Winter Circuito tem 10 semanas de duração e termina em 25 de março. A premiação total é de U$ 4 milhões. 

Francisco Musa é vice e Zé Reynoso, 4º, no Winter Equestrian Festival

Também nessa quinta-feira, 15/2, teve mais Brasil no placar na principal disputa do dia, o FEI $35,000 WEF Challenge Cup, 1.45 metro, na sexta semana do Winter Equestrian Festival, no Palm Beach International Equestrian Center, em Wellington, Flórida. Dos 54 conjuntos apenas seis habilitaram-se ao desempate, entre eles, dois brasileiros: Francisco Musa com sua nova montaria Catch me Império Egípcio foi vice sem faltas em 39s28 e José Roberto Reynoso Fernandez filho montando Azarel, 4º, uma falta, 43s097. A vitória foi do top belga Olivier Philippaerts com H&M Ikke. Musa e Catch Me Império Egípcio também vem de vice no GP 5* a 1.50 metro, no domingo, 11/2.  A disputa foi válida para o GP FEI 3* dessa sexta, 16, com U$ 132 mil em premiação. 

musa wellington650

Musa e Catch Me Império Egípcio, uma hannoverana de 9 anos, propriedade de Daniel Aguiar

O Winter Equestrian Festival, considerada a maior e mais longa competição do hipismo mundial, tem 12 semanas de duração e vai até 1º de abril com mais de U$ 9 milhões em premiação.    

 

Fonte: Imprensa CBH ; imagens cedidas

 

 

 

 

               novo logo cob 75                              ministerioesp227 2017              seloLeiIncentivoVertical 72

CBH - Site Oficial da Confederação Brasileira de Hipismo
Rua Sete de Setembro, 81 - Ed. Moscoso Castro, 3º andar - CEP: 20050-005 Rio de Janeiro (RJ) - Tel: (21) 2277-9150 / Fax: (21) 2277-9165

© Copyright 2010 - 2017   |   Todos os direitos reservados   |   Produzido por Magoo Digital